Uncategorized

Sistema de empréstimo de bicicletas é inaugurado em SP

O primeiro sistema de empréstimo de bicicletas de larga escala em São Paulo será inaugurado nesta quinta (24). Já na abertura, dez estações estarão em funcionamento, sendo que cada uma delas terá dez bikes disponíveis.

A Vila Mariana, na zona sul, será o primeiro bairro a se beneficiar do sistema. Na noite da última terça-feira (22), as primeiras estações foram concluídas em pontos estratégicos, como no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, o Sesc Vila Mariana e a Cinemateca Brasileira.

Os metrôs Vila Mariana e Ana Rosa terão bicicletários próximos. Para saber qual dos instalados é o mais próximo, os paulistanos poderão consultar pela internet ou através do próprio celular no acessando o site do Bike Sampa. A checagem aponta qual o local mais perto onde há aparelhos disponíveis para uso.

Quem for usar a bike por apenas 30 minutos não precisará pagar nada, o empréstimo será gratuito. Porém, a cada hora a mais é preciso pagar R$ 5. Além disso, há uma taxa de R$ 10 que precisa ser paga mensalmente para usufruir do sistema.

O objetivo é que a cidade de São Paulo consiga instalar uma rede de estações de empréstimo com distância de um quilômetro entre uma e outra. Desta forma, os usuários terão bikes disponíveis perto do metrô, do ponto de ônibus ou de casa. A meta é de que nos próximos três anos, sejam 300 estações com três mil bicicletas para aluguel.

A Secretaria de Transportes também está providenciando ciclorrotas nas áreas próximas às estações, inclusive, uma delas já está sendo pintada e sinalizada na região da Vila Mariana. Também será necessário investir em mais ciclovias e ciclofaixas, com estruturas adequadas para cada região.

O mesmo sistema já foi implantado no Rio de Janeiro, que conta com 600 bicicletas. Financiado pelo banco Itaú, o modelo paulistano recebeu o nome de Bike Sampa. Já com a experiência da primeira implantação, o banco melhorou o formato do banco e o sistema de freio de suas bikes.

Em troca do investimento, a instituição financeira se beneficia da publicidade que será estampada nas estações e em cada uma das bikes. A empresa aproveitou uma brecha prevista na Lei Cidade Limpa, de 2007, para inserir material de divulgação em duas placas na parte dianteira da bicicleta e duas placas na parte traseira. Há mais três empresas interessadas em instalar este sistema: Bradesco, AES Eletropaulo e a Ambev. Com informações do Estadão.

Redação CicloVivo

Fonte: Ciclo Vivo

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s