Uncategorized

A babá “compartilhada”

“Coletivizar” trabalhadores domésticos ou cuidadores de idosos. Achou a ideia estranha? Ela já é uma realidade em condomínios de várias cidades italianas.

E se o trabalho da empregada ou da babá fosse compartilhado entre os vizinhos? Essa ideia já foi implementada em caráter experimental por indivíduos e instituições italianas e o resultado tem sido surpreendentemente positivo.

Em um desses projetos piloto, na Bolonha, 45 cuidadores tomam conta de 178 idosos de 45 condomínios. Eles passam de 30 a 50 horas por mês em cada casa e recebem 5€ brutos por hora (mais subsídios). Os custos administrativos e trabalhistas dos cuidadores são “rachados” entre todos os idosos que contam com o serviço. “No final do ano, vamos chegar em Milão, Roma, Florença, Turim”, diz Alberto Zanni, presidente da Confabitare, uma associação de administradores de condomínios que lidera a iniciativa.

Um projeto semelhante está sendo realizado em Pádua e Roma pela Anaci, uma associação de administradores de condomínios. O projeto recruta
os trabalhadores domésticos, que são divididos entre os apartamentos de um complexo único de residências; organiza os horários e pagamentos, e
o custo é baseado nas despesas. O objetivo é fazer com que, mesmo juridicamente, o trabalhador doméstico esteja incluído nas despesas de um condomínio.

Em Alexandria a iniciativa existe desde 2005. Lá, um cuidador é responsável por sete pessoas idosas ou com deficiência do mesmo edifício.

Você conhece alguma iniciativa parecida aqui no Brasil? Conte pra gente!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s