Uncategorized

Através de plataformas online, Consumo Colaborativo estimula consumo sustentável de bens e serviços

Por Tatiana Félix, jornalista da Adital

Você já pensou em adquirir produtos sem precisar usar dinheiro? Através da troca de bens conservados e em bom estado de uso, a prática, bem antiga, aliás, volta ao cenário como uma alternativa em meio à era do consumismo. A novidade é que o Consumo Colaborativo agora usa as ferramentas tecnológicas para possibilitar e facilitar estas novas formas de consumo.

Apesar de ser uma prática tradicional, antes conhecida como escambo, a “troca” de produtos, bens e serviços perdeu força com o vigor do capitalismo, mas volta a ser valorizada, sobretudo, devido a crise econômica mundial iniciada em 2008, ao desgaste do sistema consumista e à necessidade de práticas mais sustentáveis, que visam a preservação do meio ambiente – e consequentemente, a não demanda pela fabricação de novos produtos, que geram o acúmulo de resíduos na sua casa e no planeta. 

Através desta nova forma de consumir, sem ter a necessidade de possuir, é possível que bens sejam compartilhados e reutilizados sem demandar no contínuo processo de fabricação que requer o uso de cada vez mais matéria-prima.

Ainda em expansão, lenta e gradual, no Brasil, o Consumo Colaborativo pode ser praticado através do acesso de diversos canais virtuais. De acordo com o Blog Consumo Colaborativo, a explosão do acesso às redes sociais online facilitam a interação entre pessoas e a negociação online de “troca/aluguel/venda de produtos ociosos”. “As plataformas online conseguem agrupar um grande número de pessoas com interesses em comum e que estão dispostas a compartilhar, formando um ambiente propício para o negócio colaborativo”, defende a publicitária Paula Sandy, autora do blog.

Confira alguns canais virtuais onde é possível praticar o Consumo Colaborativo:

As usuárias do facebook podem participar do grupo “Troca Delas“, que estimula o consumo colaborativo entre mulheres através da troca. Também para usuários/as do facebook, existe o aplicativoDois Camelos. Disponível em vários idiomas, a rede de troca para o facebook promove a troca de produtos entre seus usuários estimulando o consumo consciente.

O Site DescolaAi permite que os/as usuários/as se cadastrem para trocar e vender produtos e serviços de forma sustentável, propondo que os produtos sejam usados por mais pessoas, aumentando sua vida útil e evitando o uso de novas matérias-primas. O site disponibiliza duas opções de cadastro: uma grátis e uma assinatura anual.

O blog Pode ser Meu? também é mais um canal de trocas e anúncios baseados no Consumo Colaborativo. O Portal BuscaLá é outro meio de divulgar e consumir produtos baseados em trocas e aluguel.

Com informações do site EcoD.

 Fonte: Adital

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s