Uncategorized

Saiba como pais podem estimular a criatividade dos filhos

SorrisoÉ durante a infância que acontece o desenvolvimento físico, mental e psicológico. Portanto, nessa fase é importante deixar que os filhos leiam, criem histórias, inventem brincadeiras e se envolvam com atividades criativas. Tudo isso colabora para auxiliar nas suas capacidades de escolha, ajudando-os a se tornarem autônomos, para que saibam enfrentar seus desafios.

Neste sentido, os pais têm uma função muito importante de apresentar estímulos saudáveis e abrir a porta para a criatividade.

— Em cada fase, a criança necessita de algo diferente. Os bebês, por exemplo, podem ser incentivados através de cores, sons e movimentos que envolvem coordenação motora, assim como pelo diálogo estabelecido com eles — explica a pedagoga Márcia Murillo.

Já para as crianças maiores, a sugestão são objetos simples como massinhas de modelar, bolas, blocos de madeira, tintas, colas, canetas e lápis de escrever e colorir.

— Utilize folhas de papel em branco, em vez de álbuns de colorir que já vem com o desenho pronto. Assim, eles têm a oportunidade de criar o que estão pensando e construir algo em cima dessa ideia. Tenha sempre essas folhas de papel espalhadas pela casa com materiais, como hidrocores, lápis de cor, tintas e giz de cera por perto, porque a criança tem seu ritmo para cada atividade, por isso, não é indicado apressá-la e sim deixar o pensamento fluir — aconselha a especialista.

Teatro, atividades envolvendo música e leitura também são ótimas formas de estimular e exercitar a criatividade e contribuir para o desenvolvimento infantil. De acordo com Márcia, os pais também precisam saber que a presença dos familiares é importante, pois pode ser um bom momento de ajudar a criança a esclarecer dúvidas, assimilar novas ideias e aprendizados.

Confira algumas dicas de como estimular a criatividas de crianças:

— Incentivar o uso de objetos recicláveis na construção de brinquedos, como por exemplo, caixas com papelão ou tampinhas;

— Reconhecer o esforço da criança, mostrando seus desenhos/criações para familiares, amigos ou deixar expostos em algum ambiente da casa;

— Estimular brincadeiras espontâneas e a leitura de histórias infantis;

— Considerar a criança não como alguém que nada sabe, ou que sabe menos do que o adulto, mas sim, que sabe outras coisas;

— Procurar sempre responder os questionamentos das crianças, sem criticá-las ou inibi-las.

Fonte: Zero Hora

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s