Uncategorized

Liderança é estratégia para pequenos negócios sustentáveis

* Sérgio Besserman 

globoO atual cenário econômico faz novas exigências às empresas, integra uma legislação mais rígida, políticas econômicas que favorecem comportamentos ambientalmente corretos e socialmente justos, bem como consumidores que se mostram cada vez mais vigilantes quanto às origens dos produtos comercializados. Neste contexto, a gestão sustentável deixa de ser apenas um diferencial, passando a ser requisito de permanência no mercado.

A gestão é um processo estratégico, um caminho que toda empresa percorre para alcançar um objetivo almejado. Quando este objetivo é pautado pelos valores da sustentabilidade, os benefícios são ampliados e devem ser capazes de envolver colaboradores, fornecedores e gerar benefícios para sociedade e meio ambiente.

Para Luiz Barretto, presidente do Sebrae, a gestão sustentável inclui algumas mudanças estratégicas. “Vai além de adotar novos modelos de negócios, estamos falando de seu incremento, com melhorias e inovação. Não podemos esperar resultados diferentes fazendo da mesma maneira”, explica.

Se as empresas estão mudando, seus líderes devem estar aptos a acompanhar a nova realidade. Em empresas onde a sustentabilidade está inserida transversalmente nas atividades, a figura do líder assume papel primordial. Ele representa uma conexão entre discurso e prática, a personificação das atitudes necessárias no dia a dia de uma empresa.

“É a liderança quem dita o tom das organizações. Se a empresa entende a sustentabilidade como cultura organizacional, por mais que haja resistência dos colaboradores, a mudança ocorre”, ressalta Barretto.

No terreno dos pequenos negócios

Visando discutir o papel do líder na sustentabilidade dos pequenos negócios, o Centro Sebrae de Sustentabilidade traz a palestra “A liderança e a gestão sustentável”, ministrada por Sérgio Besserman no 4º Seminário Sebrae de Sustentabilidade. O evento será de 29 a 31 de julho, em Cuiabá (MT), e reunirá cerca de 300 empresários, gerentes e dirigentes do Sistema Sebrae.

Na pauta dos temas a serem discutidos, estão inclusos comportamentos de vanguarda necessários a este líder/empresário, sua importância como protagonista nas mudanças em empresas de postura sustentável, além de apontar desafios empresariais e exigências do mercado brasileiro para novos modelos de negócios.

* Sérgio Besserman é economista e ecologista. Atuou como diretor de planejamento no BNDES e foi presidente do IBGE, além de ser membro do Conselho Diretor ou Consultivo de diversas organizações não governamentais, como a Fundação Roberto Marinho e WWF. Atualmente é presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável do Rio de Janeiro (RJ) e professor do Departamento de Economia da PUC-RJ, onde estuda as consequências econômicas e sociais da mudança climática global.

Fonte: Mercado Ético

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s