Uncategorized

Faça frio ou calor, cinema ao ar livre vem conquistando paulistanos

Cine_Vista_-_divulgacao-450x293Tem gente que leva toalha e cesta de piquenique. Outros, cobertores e bebidas quentinhas nas garrafas térmicas. Tudo isso para curtir uma sessão de cinema ao ar livre, faça frio ou faça calor. Uma tendência cada vez mais presente na agenda cultural dos paulistanos, os cinemas abertos vêm dominando espaços como praças, áreas externas de centros culturais e até de shoppings da cidade.

É o caso do “Cine Vista”, atualmente em sua segunda edição e promovido pelo shopping JK Iguatemi. No telão, localizado no terraço, pré-estreias, filmes em cartaz e sucessos de bilheteria entretêm os expectadores. O espaço oferece cadeiras confortáveis e até uma cobertura móvel para dias chuvosos.

Para Renata Zitune, gerente de marketing do shopping, o cinema ao ar livre é uma tendência mundial. “Já existem grandes projetos, como o Orange Cinema, em Genebra, o Rooftop Cinema, em Melbourne, o Rooftop Films, em Nova York, o Open Air Cinema, em Mônaco, o Film4Summer Screen, em Londres, entre outros”, afirma.

Ela conta que o “Cine Vista” nasceu justamente para resgatar esse conceito mundial de cinema. “O shopping oferece uma nova forma de lazer e entretenimento, não sendo apenas um espaço de compras. Esse espaço multifuncional inspira projetos como este, que priorizam o lazer, o entretenimento e a cultura”, conclui.

divulgação

Porém, não é preciso ir aos grandes centros comerciais para assistir a um bom filme em um telão ao ar livre. O projeto“Comediantes Como Os de Antes”, por exemplo, acontece periodicamente na Praça do Sesc Pinheiros. A edição atual exibe filmes de Charles Chaplin e é um sucesso. A unidade de Osasco também é adepta do formato, com o projeto mensal “Cine Chaparral”. Ambos têm entrada Catraca Livre.

Outro lugar aconchegante para assistir a uma sessão ao ar livre é na Praça Victor Civita, que também inclui em sua programação algumas sessões de cinema gratuitas. Já exibiu filmes como “O Iluminado”, em plena madrugada, para envolver o público no terror do clássico de Kubrick.

Recentemente fechada, a Tenda Cultural Ortega y Gasset, montada na Praça do Relógio da USP, exibiu diversos filmes, em sua maioria documentários e longas nacionais. Espetáculos e shows também integravam a rica programação na faixa. A organização do evento prometeu trabalhar numa reedição do projeto para um futuro próximo.

Além das programações em locais fixos, diversas atrações e festivais em São Paulo buscam agradar o público com cinema. No Butantã, o projeto (Rua)³, na praça Oliveira Penteado, oferece aos visitantes exposições, live painting, aulas de yoga, saraus, shows e, claro, festival de curtas e exibição do filme “O Som ao Redor”.

Opções não faltam para curtir essa nova tendência cinematográfica. Escolha o que cabe no seu bolso e no seu gosto e aproveite!

Fonte: Catraca Livre

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s