Uncategorized

Cabines telefônicas de Londres ganham placas solares e vão recarregar celulares

solarbox-e1412618652350As tradicionais cabines telefônicas de Londres são um dos principais símbolos na cidade. No entanto, com o avanço das tecnologias e o crescente uso de celulares, elas ficaram abandonadas. Mas, os dias de descaso estão contados. Dois jovens ingleses querem transformá-las em cabines para recarga rápida, abastecida com energia solar.

Os idealizadores deste projeto, inaugurado nesta quarta-feira (1) na capital inglesa, são Kirsty Kennedy e Harold Craston. O Solarbox, como foi apelidado, surgiu há um ano, enquanto a dupla participava de uma incubadora de empreendedorismo social entre jovens.

A inspiração veio da necessidade de encontrar um novo uso para um dos ícones mais famosos de Londres, abandonado nos últimos anos. Transformar as cabines telefônicas em centrais para a recarga de celulares foi a saída encontrada para, de certa forma, preservar o intuito original da estrutura. 

A proposta só ganhou vida após Kirsty e Craston encontrarem um engenheiro que transformou o conceito em realidade. Para oferecer energia limpa e gratuita aos usuários, as centrais serão equipadas com placas solares. Além disso, internamente as cabines terão telas que poderão divulgar anúncios publicitários e outros materiais audiovisuais.

solarbox2O Solarbox foi tão bem aceito, que venceu concursos e recebeu elogios do prefeito local, Boris Johnson. “Em nosso mundo moderno, onde quase nenhum londrino está completo sem uma série de equipamentos eletrônicos pessoais em mãos, já é hora de as nossas cabines telefônicas serem atualizadas para o século 21, para serem mais úteis e sustentáveis. Conforme a economia de baixo carbono de Londres cresce, novos projetos como este devem ganhar apoio e financiamentos, para que seja possível manter a cidade na vanguarda da tecnologia do futuro”, declarou o prefeito, em entrevista ao site Business Green.

O serviço será oferecido gratuitamente à população e o projeto será disponibilizado em concorrência gerida pela própria prefeitura no próximo ano, com o intuito de viabilizá-lo por toda a cidade.

Fonte: Mercado Ético

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s