Uncategorized

Feliz Vida Nova

11052229_945063182204847_1805155060004472956_nA semana passada não foi das melhores. Questões familiares, assuntos financeiros, um grande evento de negócios pra dar conta, e uma bela TPM. O fim de semana tampouco foi tranquilo, fiquei imersa em várias DRs, algumas que me diziam respeito, outras não, mas senti diretamente os seus efeitos colaterais.

Na segunda, voltei para encarar uma nova semana que se iniciava. Um pouco mais tranquila, e com certeza, muito mais reflexiva – talvez pelo cansaço e pelo baque dos últimos dias, ou talvez pelo movimento celeste dessa semana – que indica que estarei mais sensível em relação as necessidades alheias. Pode ser um pouco de cada coisa. Ou as duas juntas e misturadas.

Só sei que tudo isso veio junto com a imagem ao lado – postada pelos queridos do CicloVivo. E percebi que além dos movimentos da vida, e do outono, a Páscoa se aproxima. E todos esses fatores me mostram que só há um caminho para crescer – a Renovação – seja de folhas, de amizades ou da própria vida.

Páscoa vem do hebraico Pessach e significa passagem. O que é a nossa vida, senão a nossa passagem pela Terra, dia após dia, encarando desafios, convivendo com as pessoas? E assim como em uma viagem, em nossa vida, caminhar, seguir adiante, um passo depois do outro nos obriga a renovar o caminho, olhar novos horizontes. E fico aqui pensando: o que adianta trilhar um novo caminho, e continuar olhando pra ele com o antigo olhar?

Por isso, gostaria de deixar essa simples mensagem aqui para vocês, meus queridos amigos e leitores, para que esta Páscoa nos ajude, a todos, a conseguir um novo olhar sobre os novos (e os velhos) caminhos.

Já que estamos falando de vida nova, ontem encontrei essa versão de Auld Lang Syne, um poema escocês escrito em 1788 e adaptado para uma tradicional melodia popular, que é geralmente cantado para comemorar o início do ano novo em países de língua inglesa. Também é conhecida como “The Song that Nobody Knows”‘ (Música que Ninguém Conhece) porque, apesar de sua melodia ser muito conhecida, poucos conhecem a letra da canção até o final.

Aproveitem o relaxamento, a poesia e a mensagem da canção, e Feliz Vida Nova!

Should auld aquaintance be forgot

and never brought to mind?

Should auld aquaintance be forgot

and auld lang syne!

 

For auld lang syne, my dear

For auld lang syne

We’ll take a cup of kindness yet

For auld lang syne

 

And surely you will buy your cup and surely I’ll buy mine

And we’ll take a cup of kindness yet

For auld lang syne

 

We two have run about the slopes

And picked the daisies fine

But we’ve wandered many a weary foot

Since auld lang syne

 

For auld lang syne, my dear

For auld lang syne

We’ll take a cup of kindness yet

For auld lang syne

 

We two have paddled in the stream

From morning sun til night

But the seas between us broad have roared

From auld ang syne

 

For auld lang syne my dear

For auld lang syne

We’ll take a cup of kindness yet

For auld lang syne

We’ll take a cup of kindness yet

For auld lang syne

*Quer saber mais sobre o poema? Então clique aqui!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s