ecorelações

Ciclistas de Londres são seis vezes mais saudáveis que outros trabalhadores

size_810_16_9_ciclista-em-londresQualquer pessoa que realiza alguns exercícios físicos regularmente sabe o resultado: melhor tônus muscular, aumento da resistência e, mais importante, uma maior sensação de bem-estar que tem a ver não apenas com o corpo, mas também com a mente. Mas quando essa evidência é posta sobre a mesa, os resultados não poderiam ser mais marcantes.

O mais recente desses estudos foi realizado em Londres, uma das cidades europeias com o mais rápido crescimento do ciclismo urbano nos últimos anos. A Universidade Brunel confirmou o que já se suspeitava: aqueles que se movem de bicicleta para o trabalho são muito mais saudáveis do que o resto. O estudo também coloca que esse número aumentou para o quesito saúde: os ciclistas são seis vezes mais saudáveis do que o resto dos commuters, nome Inglês dado aos cidadãos que têm de viajar para o trabalho.

O estudo, publicado no Journal of Public Health, tem surpreendido até mesmo a seus próprios autores. Glenn Stewart, um deles, disse que, embora fosse claro que os ciclistas são mais saudáveis, o número seis em relação ao restante dos trabalhadores é muito alto. “As autoridades de saúde recomendam um mínimo de 150 minutos de atividade física por semana”, declarou Stewart ao jornal Standard. “Um monte de gente fica com preguiça, mas bastaria usar a bicicleta 15 minutos por dia para se deslocar até o trabalho, e outros 15 para voltar, cinco dias por semana.”

Stewart também assinalou os benefícios que o ciclismo traz para a saúde de todos os cidadãos. “O Sistema Nacional de Saúde está financeiramente saturado: dedica 70% do seu orçamento para doenças em longo prazo, o que poderia ser reduzido entre 20 e 40%, se estivéssemos a fazer atividade física regular e a usar bicicleta.” Da mesma forma, Stewart também lembrou que “um em cada cinco mortes prematuras em Londres está relacionada com a poluição do ar”, de modo que apostar na bicicleta redunda em uma cidade melhor para todos os londrinos.

O estudo tem sido muito bem recebido pela crescente comunidade de ciclistas em Londres. “Este estudo mostra mais uma vez que o ciclismo é uma opção de transporte simples e eficaz, que pode ajudar as pessoas a atingir rapidamente os níveis recomendados de atividade física”, disse Simon Munk, da London Cycling Campaign, que também acrescentou que investir na bicicleta é muito mais rentável e oferece uma relação custo/benefício de valor muito superior a qualquer outro tipo de investimento em infraestrutura.

Fonte: ANTP

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s